1 de set de 2009

impressões



restaurante (ny)







        sala à noite (pira)


fundo de folhas (md)


2 comentários:

  1. Heitor,
    belo ato de criação. Para brindar, uma taça do vinho oferecido pelo italiano Giorgio Agambem no seu "Profanações":
    "Os latinos chamavam genius ao deus a que todo homem é confiado na hora do nascimento. [Por isso] genialis é avida que distancia da morte o olhar e responde sem hesitação ao impulso do gênio que a gerou. Genius é a nossa vida, enquanto não foi por nós originada, mas nos deu origem (...) Viver com genius significa nessa perspectiva, viver na intimidade de um ser estranho, mantendo-se constantemente vinculado a uma zona de não-conhecimento (...) A intimidade com uma zona de não-conhecimento é uma prática mística cotidiana"

    um abraço,
    Márcio Mariguela

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado por tua visita, Márcio, assim como pelo brinde com as belas palavras de Agambem.
    Grande abraço.
    HA

    ResponderExcluir

obrigado por suas gotas!