12 de dez de 2013

vênus de willendorf

São apenas 11,1 cm de altura. Mas o encanto dessa estatueta não tem limites. Encontrada em 1908, próximo ao Rio Danúbio, na região austríaca de Willendorf, a Vênus de Willendorf foi esculpida há uns 24 mil anos, numa rocha avermelhada, de calcário oolítico.
      A Mulher de Willendorf, como também é conhecida, não traz rosto. O couro cabeludo está recoberto por algo semelhante a tranças ou, quem sabe, pode ser que sua cabeça esteja pontuada por diversos olhos. Não foi concebida com pés. Talvez tenha servido de talismã e, assim, criada para ser transportada.
     Para alguns, sua obesidade, como ideal ancestral de abundantes mamas e ventre, traduz um status social superior em uma comunidade de caçadores e coletores. Representaria a estabilidade, o êxito e o conforto, para um grupo que viveria de forma comedida, alicerçado na Terra, despojado de confrontos e com surpreendente engenhosidade.  

   A peça autêntica está preservada no maravilhoso Museu de História Natural (Naturhistorisches Museum) de Viena. Tenho uma cópia dela na sala de minha casa. Pouco mais de 11 cm de puro charme.

7 de nov de 2013

gênesis

contraste a partir de clic inicial de Sebastião Salgado

21 de set de 2013

visita

em plena São Paulo, libélula visita varanda da Jacintha Editores.
e a jacinta se quadruplica.

16 de mar de 2013

melodia sentimental


Acorda, vem ver a lua
que dorme na noite escura
que fulge tão bela e branca
derramando doçura...

Acorda, vem olhar a lua
que brilha na noite escura
querida, és linda e meiga
sentir seu amor é sonhar

 H.Villa Lobos/Djavan

27 de jan de 2013

clone age


Qualquer semelhança com Portrait of an Artist (Pool with two Figures)
de David Hockney, 1971, não é mera coincidência...

20 de jan de 2013

tudo aceso

Tá tudo aceso em mim
Tá tudo assim tão claro
Tá tudo brilhando em mim
Tudo ligado (...)
Tudo plugado
Tudo me ardendo
Tá tudo assim queimando em mim
Como salva de fogos
Desde que sim eu vim
Morar nos seus olhos
Âmbar, A. Calcanhoto