12 de dez de 2013

vênus de willendorf

São apenas 11,1 cm de altura. Mas o encanto dessa estatueta não tem limites. Encontrada em 1908, próximo ao Rio Danúbio, na região austríaca de Willendorf, a Vênus de Willendorf foi esculpida há uns 24 mil anos, numa rocha avermelhada, de calcário oolítico.
      A Mulher de Willendorf, como também é conhecida, não traz rosto. O couro cabeludo está recoberto por algo semelhante a tranças ou, quem sabe, pode ser que sua cabeça esteja pontuada por diversos olhos. Não foi concebida com pés. Talvez tenha servido de talismã e, assim, criada para ser transportada.
     Para alguns, sua obesidade, como ideal ancestral de abundantes mamas e ventre, traduz um status social superior em uma comunidade de caçadores e coletores. Representaria a estabilidade, o êxito e o conforto, para um grupo que viveria de forma comedida, alicerçado na Terra, despojado de confrontos e com surpreendente engenhosidade.  

   A peça autêntica está preservada no maravilhoso Museu de História Natural (Naturhistorisches Museum) de Viena. Tenho uma cópia dela na sala de minha casa. Pouco mais de 11 cm de puro charme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado por suas gotas!